Novas formas de visibilidade: representações de gênero e raça no audiovisual em Goiás

Ceiça Ferreira, Clarissa Carvalho

Resumo


Embora no cinema brasileiro ainda predomine um ponto de vista branco e masculino, da produção de curtas-metragens em contextos regionais tem surgido diferentes vozes e perspectivas. Exemplo disso é a atuação de três jovens cineastas negros em Goiás: Vanessa Goveia, Tothi Cardoso e Raphael Gustavo da Silva e seus respectivos curtas (Viúva Negra, A Câmera de João e A Piscina de Caíque), a partir dos quais investigamos a intersecção de gênero e raça no audiovisual goiano. Com base no contexto de produção e na metodologia de análise fílmica, identificamos novas formas de visibilidade negra nas telas e atrás das câmeras.


Palavras-chave


Cineastas negros; Audiovisual goiano; Visibilidade; Representação; Gênero e raça.

Texto completo:

PDF PDF (ENGLISH)


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/rbcc.v44i1.3470