Especial Globo 50 anos: da rememoração à historicidade mediada

Juliana Vieira Borges, Humberto Junio Alves Viana, Christina Ferraz Musse, Daniel Carvalho de Rezende

Resumo


Em 2015, na ocasião de seu cinquentenário, a “Rede Globo” desenvolveu programas que visavam rememorar sua trajetória institucional. Um desses programas foi intitulado de “Especial Globo 50 anos” e fez um retrospecto dos principais setores da emissora. O artigo que se segue propõe, dessa forma, analisar o programa a fim de perceber como a narrativa memorialística reafirmou o lugar de importância da emissora e ressaltou um legado perante seus receptores. Com o propósito de atender a esses objetivos utilizou-se metodologicamente da “análise da materialidade audiovisual” e do termo “historicidade mediada” proposto por Thompson. Os resultados alcançados demonstraram que o aniversário da instituição foi fundamental para o constructo de um processo de rememoração que se materializou por meio de uma gama de programas.  Estes, em especial o programa analisado, definiram um lugar na História, enquanto mérito, ocupado e ressignificado pela emissora.

Palavras-chave


Audiovisual; Memória; Rememoração; Historicidade Mediada; Rede Globo.

Texto completo:

PDF PDF (ENGLISH)


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/rbcc.v44i1.3417