A mulher no Facebook: uma análise a partir do Sexismo Ambivalente

Natalia Fernandes Teixeira Alves, Luana Elayne Cunha de Souza, Luciana Maria Maia, Rafaelly Naira da Silva, Ágatha Aila Amábili de Meneses Gomes

Resumo


O sexismo, compreendido como atitudes negativas contra as mulheres, pode ser manifestado sob uma forma hostil ou benevolente. A partir disso, realizou-se uma pesquisa qualitativa, do tipo exploratória, de caráter documental, que teve como objetivo analisar conteúdos sexistas em páginas do Facebook dirigidas ao público masculino. Fez-se uma análise de conteúdo das postagens selecionadas tendo como referência a Teoria do Sexismo Ambivalente. Os resultados indicaram que o sexismo hostil ainda é fortemente compartilhado, evidenciado por postagens que tentam controlar o comportamento, depreciar a capacidade e objetificar o corpo da mulher. Expressões do sexismo benevolente também foram identificadas, com a especificidade de que são formas facilmente propagadas devido ao caráter aparentemente positivo, velado por um discurso de cuidado, proteção e humor. Tais resultados mostram que o sexismo mantém-se e segue difícil de ser combatido, uma vez que não é facilmente percebido pela sociedade.


Palavras-chave


Rede Social. Facebook. Mulher. Sexismo. Violência.

Texto completo:

PDF PDF (ENGLISH)


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/rbcc.v44i1.3396