“Minhas próprias notícias”: jornalismo e o público jovem brasileiro e português em contexto digital

Juliana Doretto

Resumo


Este trabalho tem por objetivo investigar o consumo de notícias generalistas por adolescentes e crianças mais velhas brasileiras e portuguesas, com acesso a tecnologias digitais, em perspectiva comparada. A partir de entrevistas e grupos focais, identificamos que o termo “notícia” é entendido às vezes como algo que vai além da esfera do jornalismo (mas que está sempre ligado a algo que é novo, interessante e verdadeiro para as crianças) e que a imprensa tradicional por vezes é rechaçada ou negligenciada. A partir disso, defendemos que os produtos jornalísticos sejam mais transparentes no processo de construção do discurso noticioso, pois isso pode ajudar os leitores mais jovens a compreenderem melhor os elementos basilares (e, consequentemente, o papel social) do jornalismo, principalmente no ambiente digital.


Palavras-chave


Infância; Adolescência; Recepção; Notícias; Internet

Texto completo:

PDF PDF (ENGLISH)