Mídia e política externa brasileira: a diplomacia midiática na crise do impeachment de Dilma (2016)

Thais Emmanuelle da Silva Cirino, Alexandre Cesar Cunha Leite, Silvia Garcia Nogueira

Resumo


Ao analisar a atuação da mídia nos recentes fenômenos políticos e sociais, é possível dizer que a imprensa tem desempenhado papel de destaque nos diálogos internacionais. No início do século XXI, o governo brasileiro percebeu a relevância de investir em novas práticas de política externa, especialmente, a partir da modificação do exercício diplomático que incluiu os veículos de comunicação como ferramenta importante. É dentro dessa perspectiva que este artigo pretende analisar o uso da diplomacia midiática no governo Dilma (2011-2016) durante a crise que motivou seu impeachment, usando como base as reflexões teóricas das áreas de Relações Internacionais e da Comunicação, bem como, as informações disponíveis nos canais institucionais do governo brasileiro, a fim de avaliar em que medida o recurso foi utilizado pelo Estado.

Palavras-chave


Diplomacia Midiática; Impeachment; Dilma Rousseff; Política Externa; Relações Internacionais

Texto completo:

PDF PDF (ENGLISH)