As crianças protagonistas de notícias: sujeitos e objectos de crime

Maria João Cunha Silvestre, Cristiana Ferreira

Resumo


O objectivo deste artigo é caracterizar o modo como as crianças  são mencionadas nas notícias que protagonizam, avaliando a sua relação com casos de crime. Para o efeito foi aplicada análise de conteúdo a um corpus de 1321 notícias dos três jornais com maior tiragem em Portugal: Correio da Manhã, Público e Jornal de Notícias. Os resultados apontam para uma construção mediática da criança feita em torno de temáticas em que elas são protagonizadas sobretudo como sujeitos ou objetos de crime, numa retórica sensacionalista, que amplia a sua imagem de fragilidade enquanto vítimas ou de culpabilização social enquanto criminosos.

Palavras-chave


Criança. Notícia. Crime. Sensacionalismo. Jornais. Análise de conteúdo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.1590/rbcc.v36i1.1669