Impessoalidade incompleta no discurso biográfico: identidade e escrita do outro no livro Padre Cícero: Fé, Poder e Guerra no Sertão, de Lira Neto

Guilherme Araujo dos Santos, Rogério Pereira Borges

Resumo


O presente artigo se propõe a debater como se dão as imbricações da narrativa biográfica quanto à escrita do Outro, partido de parâmetros analíticos da relação entre biógrafo e biografado. Para tanto, será debatido o conceito de identidade, na perspectiva discursiva e fenomenológica, além de aspectos ligados à personagem e à narrativa. Por meio de uma discussão que perpassa a crítica literária e seu conceito de intriga, vamos averiguar como tais articulações se estabelecem em nosso objeto de análise, a obra Padre Cícero: Fé, Guerra e Poder no Sertão, do jornalista e biógrafo Lira Neto.


Texto completo:

PDF