Comunicação intercultural: um estudo de caso sobre brasileiros utilizando o inglês como segunda língua

Amanda Torres Pinho; Rob Cover

Resumo


O presente trabalho analisa como seis brasileiros, em interações entre si e com um falante nativo do idioma, utilizam o inglês como segunda língua, durante interações domiciliares. O estudo foca em aspectos de cultura e identidade que podem interferir e influenciar na comunicação intercultural. Conceitos referentes ao aprendizado de uma segunda língua são brevemente discutidos e padrões de falhas de comunicação em comunicação intercultural são apresentados e posteriormente comparados aos dados coletados, que constituem três horas de interações domiciliares e mais de uma hora de entrevistas.

Texto completo:

PDF